vai viajar para os Estados Unidos ?

Antes de fazer as malas e se preocupar com os roteiros de viagem, é essencial consultar um médico.
Apenas um profissional qualificado te passará os devidos cuidados de prevenção de doenças e lesões, além de te dar as orientações, fazer os exames e solicitar as vacinas necessárias. Por isso, se for viajar, procure um profissional da saúde e torne sua viagem mais agradável e tranquila.

precauções antes de viajar

Vamos te ajudar com dicas e orientações para que a sua viagem para os Estados Unidos seja tranquila e inesquecível. Abaixo temos algumas informações mas ressaltamos que é imprescindível a consulta ao Portal Consular para saber o que podem ou não ser feito por você.

Informações Básicas
  • Vacinações: Nenhuma vacina específica é necessária para entrada no país.
  • Recomendações de viagem: Viajar com precauções normais de segurança.
  • Rede de Saúde: Não há sistema gratuito de saúde.
  • Emergências médicas e policiais: 911
Recomendações de viagem

Não há, nos Estados Unidos, avisos específicos ou situações que demandem grande atenção por parte dos viajantes brasileiros, mas algum grau de cautela é sempre necessário ao viajar, independentemente do destino escolhido. Cidadãos brasileiros devem viajar aos Estados Unidos com precauções normais de segurança.

Cidadãos brasileiros devem ter sempre as informações de contatos da Rede Consular do Brasil nos EUA, que, se necessário, poderá prestar a devida assistência consular a nacionais nos Estados Unidos. Há um total de 10 Consulados do Brasil nos Estados Unidos, verifique qual Posto é o responsável pela jurisdição do local onde você se encontra.

A depender da natureza de sua solicitação, a melhor opção poderá ser entrar em contato com sua família, amigos, companhia aérea, agente de viagem, operador de turismo, empregador ou seguro de viagem em primeiro lugar. Os Postos com serviço consular estão a disposição para auxiliar em casos de maior complexidade. Acesse o Portal Consular para saber o que uma Repartição Consular pode ou não pode fazer por você.

Seguro-saúde

Recomenda-se que os brasileiros que planejam viajar aos Estados Unidos contratem seguro médico internacional adequado, pelo período necessário, antes de viajarem, tendo em vista a limitação do atendimento gratuito e os altos valores cobrados por atendimento a pacientes sem seguro no país.

Entrada de menores

Em esforços para prevenir sequestro internacional de menores, alguns Governos estrangeiros começaram a verificar o status de menores em pontos de entrada do país. Essas verificações frequentemente incluem exigência de documentos que comprovem a relação do menor com a pessoa que o estiver acompanhando e autorização de viagem, por escrito, do genitor ausente. Caso um dos genitores tenha falecido, é necessário portar cópia do certificado de óbito.

Entrada de animais domésticos

A entrada de animais domésticos nos Estados Unidos varia conforme a legislação do estado de destino do cidadão brasileiro. De forma geral, segundo as normas do "Center for Disease Control and Prevention", é obrigatória a vacinação anti-rábica. Algumas empresas aéreas exigem, além da comprovação da vacina, o certificado de saúde do animal, com validade anterior a 10 dias. Como regra geral, os animais de estimação necessitam de documento emitido pelas autoridades veterinárias brasileiras para entrar nos EUA, o Serviço de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), órgão vinculado à Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) do MAPA

Orientações sobre a Rede de Saúde

Cidadãos estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita em grande número de países. Recomenda-se vivamente que viajantes brasileiros sempre contratem seguro internacional de saúde adequado, mesmo que tal documento não seja exigido pelas autoridades migratórias locais. O Ministério das Relações Exteriores não poderá se responsabilizar por despesas médicas de brasileiros no exterior.

Antes de viajar, nacionais brasileiros devem certificar-se de sua saúde física, tomando as vacinas indicadas para o destino escolhido. Vacinas contra difteria, tétano, hepatite B, sarampo, caxumba, rubéola e tuberculose são recomendadas para todo tipo de viagem. Em caso de dúvidas, o Ministério da Saúde poderá ser consultado.

Para obter informações sobre surtos de doenças infecciosas no exterior, é importante consultar o site da Organização Mundial da Saúde (OMS), que contém dados detalhados sobre a situação específica de saúde de cada país.

Ao retornar de países com ocorrência de endemias, quaisquer sintomas devem ser imediatamente comunicados às autoridades de saúde brasileiras.

Rede de saúde

Não há, nos Estados Unidos, sistema de saúde gratuito. Os hospitais têm, no geral, boa infraestrutura e são bem equipados, mas a assistência médica é cara, e a população estadunidense geralmente contrata plano de saúde para tratamento. Recomenda-se fortemente que cidadãos brasileiros em viagem aos Estados Unidos contratem seguro-saúde adequado, pelo período necessário. Todos os hospitais nos Estados Unidos devem aceitar e tratar de emergências médicas, independentemente da capacidade de pagamento do paciente. O cidadão hospitalizado ou sua família, no entanto, serão informados dos valores a serem pagos pelo tratamento médico prestado.

São Francisco

A Baía de São Francisco conta com grande quantidade de hospitais, clínicas, farmácias e profissionais de saúde (dentistas, psicólogos, terapeutas etc). Há um razoável sistema de saúde pública, que é de abrangência limitada. Abaixo, listamos alguns hospitais e farmácias localizados na Baía de São Francisco:

Hospitais

Farmácias

Atlanta

Ressalta-se que, na jurisdição do Consulado-Geral do Brasil em Atlanta, podem ser encontradas clínicas de emergência ("urgent care clinics"), cujos custos são exponencialmente inferiores aos tradicionais preços cobrados em hospitais.

Condições ambientais

Os Estados Unidos são país de grande emissão de dióxido de carbono. Durante períodos de excessiva poluição, é recomendável que crianças, pessoas sensíveis e/ou com problemas respiratórios adotem precauções para reduzir a exposição a poluentes. Para cidadãos brasileiros com plano de residir no país, pode ser recomendável manter um purificador de ar nos principais cômodos da casa.

site úteis

Ministério da Saúde: www.saude.gov.br

Centers for Disease Control and Prevention (EUA): wwwnc.cdc.gov/travel

Organização Mundial da Saúde: www.who.int/ith/en

Portal da ANVISA http://portal.anvisa.gov.br/dicas-de-saude-para-viagem

receba uma pré-análise

Preencha o formulário abaixo indicando o país para onde deseja viajar e recebe dicas e orientações para deixar sua viagem ainda mais incrível